7f35eea6-1b16-43bb-bf02-23f012a7ae131-692x360

Funcionários do BB devem dizer NÃO ao aumento da contribuição da CASSI

O Conselho Deliberativo da CASSI aprovou, por maioria, a proposta do banco de aumentar em 1% a contribuição dos funcionários para a CASSI. Os conselheiros eleitos da “Chapa 3 – A Cassi é Sua!” honraram seu programa de campanha e se posicionaram contra o aumento.  Se a proposta for aprovada por nós funcionários, a nossa perda salarial desse ano será ainda maior.

Infelizmente, a direção do BB tem o apoio da direção da CONTRAF/CUT para aprovar essa garfada em nosso bolso, a mesma que indicou o fim da greve e que resultou em um reajuste abaixo da inflação para todos os bancários.

A redução salarial que podemos sofrer com esta proposta é somente a ponta do iceberg. Ela não é nem suficiente para cobrir o déficit atual que, em julho, foi de aproximadamente 50 milhões, chegando à 70 milhões em agosto aproximadamente. A proposta que foi aprovada, no entanto, só garante uma entrada extra de 40 milhões.

Uma consultoria fará uma avaliação conforme parâmetros de mercado. Infelizmente, como continuará existindo déficit, a recomendação poderá ser um aumento nas nossas contribuições ou até mesmo propor uma aproximação da CASSI com a lógica dos planos de saúde privado. Defendemos que antes de ser aprovada qualquer proposta em mesa de negociação, as direções devam organizar um encontro nacional aberto com os associados para que possamos discutir propostas em relação a CASSI e um calendário de lutas.

No próximo período, como já foi amplamente anunciado na imprensa, o banco deve tomar medidas que reduzam gastos com pessoal. Já foi iniciado um processo de fechamento de agências e, em breve, poderá haver uma ampliação nos cargos de 6 horas com redução de salário, Plano de Demissão Voluntária (PDV) ou Plano de Aposentadoria Incentivada (PAI).  Um dos reflexos dessa política, certamente, será o aumento da crise financeira da CASSI e PREVI.

Se não dissermos não à proposta de aumentar 1% na contribuição da CASSI e, portanto, que não estamos dispostos a pagar a conta para o banco aumentar ainda mais seu lucro bilionário, a reposição abaixo da inflação e a proposta da CASSI serão somente  o início de medidas que vão piorar muito mais a nossa remuneração e nossa qualidade de vida.

O momento exige a nossa unidade contra essa proposta. Precisamos mostrar a força do funcionalismo.  Precisamos todos dizer não juntos!

LEIA TAMBÉM:

Pagamos, realmente, um valor muito baixo pela CASSI?

Diga NÃO ao aumento da contribuição da CASSI

Ausência de democracia marca a assinatura do Memorando de Entendimentos