14918896_752039171620897_5197705327281477731_o-e1478023243469

Todo apoio às ocupações de escolas e universidades pelos estudantes

Por Bento Ferreira, bancário do BB em São Paulo

Os estudantes mostram o caminho. As ocupações já atingem universidades e escolas em todo o país. Os estudantes exigem a rejeição à PEC 55 e a retirada da reforma do ensino médio. O governo Temer, ao lado dos grandes banqueiros e empresários, através da PEC, da Reforma do Ensino Médio, do arrocho salarial e das Reformas Trabalhista e Previdenciária querem que paguemos a conta da crise.

Uma rebelião de estudantes que começou com as ocupações de quase metade das escolas do Paraná e que,  agora, se espalha para as principais universidades do país enfrenta essa politica. Hoje UFRGS, UFSC, UFSC, UFPR, UFG,UFMG, UNB, UFG, UFRJ, UFF, UNIRIO, UFAL, UFCE, UFRPE, UFRN, entre outras, estão ocupadas.

Unir as ocupações com os dias nacionais de paralisação
Agora, o desafio colocado é ampliar a luta para o conjunto dos trabalhadores. Nesse sentido, é muito importante fortalecer a paralisação nacional nos dias 11 e 25, convocadas  pelas centrais sindicais. Em São Paulo, por exemplo, os professores estaduais e municipais vão paralisar suas atividades. Em Pernambuco, os bancários já marcaram assembleia para organizar o calendário de luta na categoria. Em São Paulo, o maior sindicato de bancários do país tinha obrigação de realizar uma assembleia para organizar a intervenção da categoria nos dias de paralisação.

No dia 29, quando está previsto a votação da PEC em primeiro turno no Senado, o setor da educação chama uma marcha à Brasilia. A juventude e os trabalhadores precisam ocupar Brasilia nesse dia. Os bancários não podem ficar ausentes dessa importante jornada de luta. A CONTRAF/CUT tem a obrigação de indicar para todos os seus sindicatos participação nesse calendários. Nós da oposição vamos continuar impulsionando e ajudando a organizar estas lutas para enfrentar todos os ataques, sejam os específicos da categoria ou os gerais que atingem toda a classe trabalhadora.

Foto Destaque: Ocupação UNB – Crédito Mídia Ninja

 

Galeria de Fotos: Reprodução Facebook Ocupa Tudo